; Novo ministro da Saúde, Gilberto Occhi, se compromete a debater decisões com o CNS - Fenafar

Novo ministro da Saúde, Gilberto Occhi, se compromete a debater decisões com o CNS

Saúde

Durante a 304ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Saúde (CNS), ocorrida nesta quinta (12/04), em Brasília, o novo ministro da saúde, Gilberto Occhi, compareceu ao plenário do CNS. Na ocasião, ele se comprometeu a debater a tomada de decisões do ministério com o controle social brasileiro na saúde.

O ministro assumiu a pasta da saúde há uma semana. Essa é a primeira reunião em que ele participa substituindo o ex-ministro Ricardo Barros, que também era conselheiro nacional de saúde e, apesar das críticas do CNS à sua gestão, vinha participando de diversas reuniões ordinárias. Gilberto Occhi se comprometeu a participar das reuniões do CNS e de ouvir as diferentes opiniões dos conselheiros e conselheiras sobre as decisões na saúde.

Respeito às diferentes opiniões

“Respeitar as opiniões é importante para a convivência democrática. Para gerirmos as demandas e necessidades, temos que ouvir as pessoas deste conselho. É no diálogo que vamos construir”, disse. O novo ministro também afirmou que deve continuar os trabalhos que já vinham sendo desenvolvidos pelo seu antecessor. “Não haverá ruptura do que estava sendo feito. Nosso objetivo é melhorar. Vou estar presente nas reuniões”, garantiu.

Ronald dos Santos, presidente do CNS, evidenciou a necessidade de fortalecer os debates para a construção da 16ª Conferência Nacional de Saúde, que deve acontecer até julho de 2019. “Temos tarefas gigantes para realizar em defesa da participação social”, afirmou. “Nossa missão é defender o Sistema Único de Saúde (SUS) e o caráter deliberativo do controle social. Que essa gestão seja participativa e que os problemas enfrentados sejam no intuito de construir soluções”, finalizou.

Fonte: SUSConecta
Publicado em 13/04/2018

Artigos

UA-480112034-1