; Nota da Fenafar sobre a mudança do Ministério da Saúde

Sidebar

Magazine menu

29
Sáb, Jan
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 43

Quinta, 24 Setembro 2015 17:37

Nota da Fenafar sobre a mudança do Ministério da Saúde

Avalie este item
(0 votos)

Arthur Chioro
A Fenafar manifesta, em nota pública, suas preocupações com a mudança no Ministério da Saúde. Veja abaixo:

 

 

A Federação Nacional dos Farmacêuticos vem a público para lamentar as notícias que anunciam a possível saída de Arthur Chioro do Ministério da Saúde. As políticas desta área estratégica para o desenvimento social e para a promoção de direitos e equidade têm sido conduzidas, nos últimos anos, em estreito diálogo com usuários, profissionais e gestores da saúde.

 

Esta experiência participativa, focada no fortalecimento do Sistema Único de Saúde e em programas que visam a universalização do acesso à saúde com qualidade, como o Mais Médico, o Mais Especialidades, o Farmácia Popular do Brasil entre outros têm trazido ganhos importantes para a sociedade brasileira e não podem ser descontinuadas.

 

Especificamente no que tange à área de fármacos e medicamentos, logramos criar neste período a Política Nacional de Assistência Farmacêutica que tem sido fundamental para a integração e a resolutividade das ações em Saúde.

 

Por isso, a Fenafar, em consonância com as resoluções aprovadas em seu 8º Congresso, manifesta seu apoio à permanência do ministro Arthur Chioro no cargo e afirma que, caso aconteça, qualquer alteração no comando do Ministério da Saúde tem que estar vinculada a manutenção das políticas existentes e da valorização do diálogo e participação social como ferramenta principal de elaboração e aplicação de políticas para este setor. Também precisa dar continuidade a agenda de defesa do SUS, pactuada entre o Ministério da Saúde e o Conselho Nacional de Saúde, defender os princípios constitucionais pactuados na Carta Magna de 1988 e enfrentar os desafios do subfinanciamento da Saúde.

 

São Paulo, 24 de setembro de 2015

Fenafar – Federação Nacional dos Farmacêuticos.