; Conferência em Goiás reforça o SUS, diz Lorena Baía

Sidebar

Magazine menu

29
Sáb, Jan
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 43

Segunda, 28 Setembro 2015 13:30

Conferência em Goiás reforça o SUS, diz Lorena Baía

Avalie este item
(0 votos)


A Conferência Estadual de Saúde de Goiás começou com tom de cobrança. A conselheira nacional de saúde, Lorena Baía, do Conselho Federal de Farmácia, abriu a mobilização afirmando que os secretários de saúde devem escutar o controle social e cobrar a participação dos gestores estadual e municipais de Goiânia, que não participaram da abertura da Conferência.

 

Lorena Baia lembrou aos delegados e delegadas a luta do Movimento Saúde+10 para garantir o financiamento do Sistema Único de Saúde-SUS. A conselheira ainda criticou o sistema de gerenciamento da saúde através de Organizações Sociais: “em Goiás, nossos hospitais estão entregues as organizações sociais, nós precisamos de um SUS de portas abertas e com acesso qualificado, por isso temos que garantir o bom funcionamento do sistema”.

 

Segundo o presidente do Conselho Estadual de Goiás, Venerando Lemes, o estado realizou 246 conferências, todos os municípios participaram, e 18 conferências regionais. “As conferências municipais possibilitaram uma abordagem mais localizada sobre a situação de saúde considerando a realidade própria de cada município para orientar gestores, usuários e trabalhadores”, ressaltou Venerando Lemes.

 

O secretário de vigilância e saúde do Ministério da Saúde, Antônio Nardi, participou da conferência e estimulou os debates apresentando algumas ações do Ministério e com provocações sobre 15ª Conferência Nacional de Saúde, “vamos fazer da 15ª a maior conferência da nossa história. O controle social no Brasil tem que fazer o SUS avançar, temos que garantir, por exemplo, o Programa Mais Médicos”.

 

A Conferência de Saúde de Goiás acontece até o dia 26 de setembro com os delegados e delegadas discutindo sobre o tema central: “Saúde Pública de qualidade para cuidar bem das pessoas: direito do povo brasileiro”, ampliando o diálogo com a sociedade goiana e fortalecendo o controle social no estado. Na plenária final da 8ª CES-GO, serão escolhidos 96 delegados e delegadas que irão participar da etapa nacional, que acontece de 1 a 4 de dezembro em Brasília-DF.

 

Fonte: CNS
Publicado em 28/09/2015