; Fenafar participa do Congresso da Federação Internacional dos Farmacêuticos

Sidebar

Magazine menu

23
Sáb, Nov
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 43

Quinta, 15 Outubro 2015 15:26

Fenafar participa do Congresso da Federação Internacional dos Farmacêuticos

Avalie este item
(0 votos)

Silvana Nair Leite na 75ª FIP
A diretora de Educação da Fenafar e presidenta da Escola Nacional dos Farmacêuticos, Silvana Nair Leite, participou do 75º Congresso da Federação Internacional dos Farmacêuticos, entidade que congrega as entidades nacionais de organizações profissionais de farmacêuticos em cada país.

 

Realizado em Dusseldorf, na Alemanha, o Congresso Internacional dos Farmacêuticos é um evento de caráter acadêmico e político, com ênfase para a produção acadêmica desenvolvida na área de práticas farmacêuticas e tem uma seção muito forte de Educação Farmacêutica. E um dos resultados da participação da diretora da Fenafar, Silvana Nair Leite, no evento foi a sua vinculação ao grupo de educação e pesquisa sobre Educação Farmacêutica e força de trabalho da Universidade de Notthigham na Inglaterra. Clair Anderson, uma das homenageadas do 75º FIP e parceiras de Silva em um dos trabalhos desenvolvidos é a coordenadora deste grupo de pesquisa.

 

Silvana e Clair Anderson 

 

Silvana apresentou dois trabalhos no Congresso, um sobre o resultado das Oficinas de Avaliação da Política Nacional de Assistência Farmacêutica promovidas pela Escola e pela Fenafar em 2014. O outro trabalho é um estudo acadêmico sobre Componentes Especializados da Assistência Farmacêutica.

 

“É o terceiro congresso da FIP do qual eu participo. Tem sido uma experiência muito produtiva pela troca de informações e pelos contatos que estes ambientes nos propiciam. É um espaço importante para divulgação da Escola e da Federação como instituições que agregam a categoria farmacêutica no país”, avaliou Silvana.

 

Trabalho sobre a avaliação da PNAFA presidenta da Escola Nacional dos Farmacêuticos relatou que a apresentação do trabalho sobre as oficinas da PNAF despertou interesse e curiosidade por parte de muitos dos participantes. “Coloquei no painel o mapa do Brasil, indicando onde foram realizadas as oficinas e o número de participantes. As pessoas que paravam para ver o trabalho se assustavam com o tamanho do Brasil e com o fato de termos reunido nos nossos encontros mais de 2 mil farmacêuticos. Muitos países não têm esse número de profissionais. O Brasil possui 10% dos farmacêuticos do mundo. Então, chamamos muita atenção pelo tamanho do nosso país e pela nossa diversidade. Poder mostrar como a Escola Nacional e a Fenafar são instituições que conseguem agregar a categoria e realizar eventos deste porte é muito importante”.

 

 

Outro fator que despertou o interesse foi o fato de, no Brasil, a categoria incidir na elaboração e avaliação das políticas públicas. “A maioria dos trabalhos é focada em experiências da prática farmacêutica realizada de forma pontual e técnica, de como se desenvolve o atendimento em farmácias, unidades de saúde. O nosso trabalho tinha outro foco, o de avaliar uma política pública de saúde, que tem ainda a particularidade de ter sido construída com a contribuição da categoria, isso chamou também muito a atenção”, explicou Silvana.

 

Sobre a FIP

 

Fundada em 1912, a Federação Internacional dos Farmacêuticos é uma entidade global que reúne associações de farmacêuticos profissionais e acadêmicos e está na lista das entidades da Organização Mundial da Saúde. Possui 132 membros em todo o mundo e reúne mais de 2 milhões de farmacêuticos.

 

O tema geral do 75º FIP foi as melhores práticas farmacêuticas baseadas em evidências. Lá foram realizados muitos debates a respeito de pesquisas sobre resultados concretos do trabalho do farmacêutico para a saúde da comunidade. A dispensação dos medicamentos feita pelo farmacêutico, o que isso agrega à saúde da população, a farmácia clínica, o atendimento terapêutico com foco nas farmácias comunitárias e nos serviços de saúde.

 

Da redação
Publicado em 15/10/2015