; Conferência da BA reafirma SUS público e integral

Sidebar

Magazine menu

21
Qui, Nov
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 43

Sexta, 16 Outubro 2015 12:19

Conferência da BA reafirma SUS público e integral

Avalie este item
(0 votos)


Depois de três dias de discussão sobre o fortalecimento do Sistema Único de Saúde na Bahia (SUS) e melhorias para o sistema de saúde, com cerca de três mil representantes do setor, a 9ª Conferência Estadual de Saúde (Conferes) terminou na quinta-feira (8). Na conferência foram definidas as propostas que serão encaminhadas para a etapa nacional que ocorrerá em Brasília de 1º a 4 de dezembro e também eleitos os delegados que representarão a Bahia. A etapa estadual foi realizada no Senai Cimatec, em Salvador.

 

Oito eixos temáticos nortearam os debates: Direito à saúde, garantia de acesso e atenção de qualidade; Participação e controle social; Valorização do trabalho e da educação em saúde; Financiamento do SUS e relacionamento público-privado; Gestão do SUS e modelos de atenção à saúde; Informação, educação e política de comunicação do SUS; Ciência, tecnologia e inovação no SUS; e Reformas democráticas e populares do Estado.

 

Para a conselheira estadual de saúde, vice-presidente do Sindifarma-BA e diretora Regional Nordeste da Fenafar, Eliane Simões, a conferência é um momento de buscar soluções para os problemas da saúde pública no país e no estado. "Estamos na luta pela oferta de saúde de qualidade. Esse é o nosso movimento. Precisamos sempre debater e também buscar soluções que alcançarmos a sáude que queremos, e este evento é o lugar para que tudo isso aconteça. Estamos na luta para fortalecer o SUS e tudo que acomete a saúde da sociedade brasileira", afirma Simões.

 

De cada eixo foram priorizadas cinco propostas, dentre elas a que busca garantir o acesso aos serviços de saúde em todos os níveis de forma humanizada; a que visa aumentar o financiamento da saúde pública, implementando o repasse para os municípios; a que tem o objetivo de garantir os direitos dos trabalhadores em saúde; e a que incentiva a produção e distribuição de alimentos orgânicos no país.

 

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, avaliou como positiva a 9ª Conferência, que teve como o tema central o tema “Saúde Pública de Qualidade para Cuidar Bem das Pessoas: Direito do Povo Brasileiro”. “Ao longo desses três dias discutimos os problemas da saúde da Bahia, traçamos diretrizes, definimos linhas de ação e políticas de estado. Foi um grande sucesso com a participação democrática”, afirmou.

 

Da redação com blog da 15ª CNS
Publicado em 16/10/2015