; Sinfarce cobra que rede de farmácia cumpra a CCT

Sidebar

Magazine menu

14
Qui, Nov
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 43

Quarta, 28 Outubro 2015 11:45

Sinfarce cobra que rede de farmácia cumpra a CCT

Avalie este item
(0 votos)


O Sindicato dos Farmacêuticos do Ceará e representante da Farmácia Carrefour realizaram reunião na sede do sindicato nesta segunda-feira (26). O encontro teve como objetivo principal cobrar a aplicabilidade da Convenção Coletiva de Trabalho, assegurada pelo SINFARCE junto ao SINCOFARMA, após denúncias dos sindicalizados. Este é o segundo encontro. O primeiro foi realizado dia 18 de setembro deste ano.

 

Humberto Braga, advogado do Carrefour, expôs que a Farmácia irá cumprir as disposições da CCT 2015 a partir de outubro de 2015, pois entende que a natureza da empresa não a obriga a aplicar a CCT nos anos anteriores.

 

Disse, ainda, que em relação a cláusula décima quarta, que trata do Auxílio Alimentação, a empresa não garante o cumprimento, pois fornece as refeições no ambiente de trabalho.

 

Márcio Batista, presidente do Sinfarce, Lavinia Magalhães, sua vice-presidente, além de Lidianne Uchoa advogada do Sindicato esclareceram que o entendimento da entidade quanto as cláusulas são diferentes, visto que consideram que a Farmácia Carrefour é estabelecimento farmacêutico e que, portanto, deve obedecer em sua integralidade as normas endossadas na CCT, inclusive em anos anteriores e que diante da negativa do advogado do Carrefour, expressa no encontro, o Sindicato dos Farmacêuticos do Ceará irá judidicializar ação com o objetivo de garantir o respeito as conquistas dos profissionais farmacêuticos.

 

O Sinfarce informou, ainda, que o pagamento do valor referente ao Vale-Alimentação é obrigatório, independente se a empresa fornece alimentação.

 

Para Márcio Batista “este tipo de atitude demonstra a falta de compromisso das empresas com seus profissionais farmacêuticos; isso é cultural, mas se depender do SINFARCE vamos desfazer essa cultura errada de que o farmacêutico não merece respeito! Merece, sim! E muito! Vamos em frente!”

 

Caso WalMart

 

A empresa WalMart teve posicionamento semelhante ao Carrefour e o Sindicato dos Farmacêuticos do Ceará entrou com ação contra empresa. O WalMart se nega a dialogar com o sindicato. A audiência ocorreu dia 24 de outubro, quarta-feira, e foi acompanhada pela vice-presidente do Sinfarce, Lavinia Magalhães.

 

Fonte: Sinfarce
Publicado em 28/10/2015