; III Fórum sobre Trabalho Farmacêutico Decente reúne lideranças sindicais e formula Convenção

Sidebar

Magazine menu

19
Qui, Set
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 43

Terça, 17 Novembro 2015 15:21

III Fórum sobre Trabalho Farmacêutico Decente reúne lideranças sindicais e formula Convenção

Avalie este item
(0 votos)

Diretores da Fenafar no 3º Fórum de Trabalho Decente
O Sindicato dos Farmacêuticos do Ceará, promoveu, nos dias 13 e 14 de Novembro, no Hotel Sonata de Iracema, em Fortaleza, o III Fórum sobre Trabalho Farmacêutico Decente. O encontro integra a agenda do Sinfarce desde 2012 e tem se firmado como espaço importante de debates e troca de experiências.

 

O Fórum, este ano, recebeu representantes sindicais de vários estados do país e da Federação Nacional dos Farmacêuticos. Participaram do encontro membros diretivos do Sindicato dos Farmacêuticos do Maranhão, Sindicato dos Farmacêuticos do Piauí, Sindicato dos Farmacêuticos de Pernambuco, Sindicato dos Farmacêuticos do Rio Grande do Sul, Sindicato dos Farmacêuticos da Paraíba, Sindicato dos Farmacêuticos do Amazonas e Sindicato dos Farmacêuticos do Rio Grande do Norte.

 

As discussões objetivaram compor, documento sólido, após palestras e mesas de debate, pautas de luta da categoria farmacêutica que impedem o estabelecimento das diretrizes do Trabalho Farmacêutico Decente, conforme determina a Organização Internacional do Trabalho, representada, no encontro, pelo Oficial de Projeto da Organização, José Ribeiro.

 

Cerca de 60 pessoas, entre estudantes, sindicalizados, professores e especialistas, participaram efetivamente do Fórum, elaborando perguntas, expondo suas vivências na prática farmacêutica e dando sugestões para a Carta Propositiva formulada ao final do Fórum.

 

Debates deram o tom do evento

 

A primeira palestra do Fórum, proferida pela Vice - Presidente do Sindicato dos Farmacêuticos do Rio Grande do Sul e Diretora de Organização Sindical da Federação Nacional dos Farmacêuticos, Débora Melecchi, abordou a "Crise econômica, política e mercado de trabalho" e debateu, em mesa-redonda, as perspectivas para o mercado de trabalho no Brasil.

 

Para Débora Melecchi, os avanços só irão ocorrer "se tivermos unidade e coerência em nossas demandas. As agendas convergem na defesa do Estado Democrático de Direito e está na nossa Constituição! Desenvolvimento com valorização do trabalho é, exatamente, o que estamos fazendo aqui ao discutir o Trabalho Decente."

 

Em seguida, o Oficial de Projeto da Organização Internacional do Trabalho, José Ribeiro, trouxe, em sua palestra intitulada o "Trabalho Decente Farmacêutico: evolução recente e novos desafios no contexto da crise", dados e informações que serviram como importante suporte para os debates que se seguiriam, além dos conceitos do Trabalho Decente e das ações empreendidas pela OIT.

 

Para o estudioso, embora o Brasil seja um dos países com o maior número de Agendas para o Trabalho Decente, "ainda temos muitas distorções, como, por exemplo, 81% de farmacêuticos trabalhando mais de 40 horas semanais."

 

A última palestra e mesa de debates do primeiro dia do III Fórum sobre Trabalho Farmacêutico Decente abordou a experiência do Ceará e os avanços do SINFARCE na proposição e efetivação dos preceitos do Trabalho Farmacêutico Decente. Proferida pela Vice-Presidente do Sinfarce e Diretora da Região Nordeste da Fenafar, Lavinia Magalhães, a palestra elencou as ações exitosas do SINFARCE para as conquistas, ao longo dos anos, que culminou na aplicação, em Convenção Coletiva de Trabalho, das 10 diretrizes do Trabalho Farmacêutico Decente - o Sindicato dos Farmacêuticos do Ceará é o único, em todo país.

 

Lavínia ao centroPara Lavinia Magalhães, as conquistas do Sinfarce foram resultado da massiva participação dos sindicalizados, quando conclamados à luta. "Nos manifestamos, nos últimos 5 anos, cobrando nossos direitos, buscando o atendimento justo as nossas demandas. Hoje colhemos essas vitórias e podemos estar, hoje, aqui, compartilhando essa história."

 

Ao final do dia foram sorteados kits de agenda e caneta para os presentes.

 

O segundo dia do Fórum deu continuidade a experiência do Ceará, retomando a mesa de debate, iniciada no dia anterior, reunindo os principais líderes sindicais presentes ao evento. Em seguida o espaço foi dedicado à Educação Farmacêutica. O convidado foi o Professor da UNIFOR, Diretor da Associação Brasileira de Educação Farmacêutica e Diretor do Sinfarce, Rogildo Expedito. Em destaque os desafios para o Ensino de Farmácia no país e as alternativas de superação, considerando a importância do sindicalismo no contexto de mudança de paradigmas.

 

Ao final do encontro, Lavinia Magalhães, fez a leitura da Convenção sobre o Trabalho Farmacêutico Decente - Sindicalismo e trabalho 2015, que servirá como documento de atuação da categoria para o ano de 2016. Em breve a íntegra deste material será divulgado.

 

Márcio Batista, Presidente do Sinfarce, encerrou o III Fórum sobre Trabalho Farmacêutico Decente, agradecendo a presença de todos e o empenho na concretização do encontro. Agradeceu, ainda, as doações de alimentos, feitas pelos participantes e que serão destinadas à instituições de caridade.

 

Fui, vi e Gostei

 

"Vim para o Fórum discutir os temas atuais, urgentes para o futuro da nossa categoria. As informações que tive aqui, com certeza, levarei para o meu Estado, para fortalecer o movimento sindical lá e lutar por melhorias."

Ulisses Nogueira de Aguiar - Primeiro Tesoureiro da Fenafar e Diretor do Sindicato dos Farmacêuticos do Piauí

 

"É segunda vez que participo do Fórum e é sempre muito gratificante; saímos daqui com muitos aprendizados, conhecimentos novos. Temos um intercâmbio muito bom com o SINFARCE. Sempre que venho aqui levo algo! Maravilhoso!

Veridiana Ribeiro da Silva - Vice-Presidente da Fenafar e Diretora do Sindicato dos Farmacêuticos de Pernambuco

 

“O Fórum foi muito produtivo. A experiência do Ceará e seu pioneirismo no Trabalho Decente, além das greves, Convenções Coletivas, no faz acreditar que é possível ampliar essas demandas. Levo, daqui, muitas boas ideias para o Rio Grande do Norte.

Elaine Cristina Câmara Pereira - Presidente do Sindicato dos Farmacêutico do Rio Grande do Norte e Primeira Secretária da Fenafar

 

Fonte: Sinfarce
Publicado em 17/11/2015