; Brasil - Fenafar

1

Dados publicados nesta quinta-feira (17) pelo IBGE com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD), apontou que 27,7 milhões de brasileiros estão sem trabalho. Este número é o maior da série histórica iniciada em 2012.

Os cortes no Orçamento realizados desde 2015, mas muito aprofundados na gestão Michel Temer, atingiram em especial as mulheres. Em condição de maior vulnerabilidade que os homens, elas são as mais afetadas com a redução de verbas para políticas públicas em qualquer área.

As mulheres trabalham, em média, três horas por semana a mais que os homens, combinando trabalhos remunerados, afazeres domésticos e cuidados de pessoas.

Mais Artigos...

Artigos

UA-480112034-1