; Calendário das Conferência Estaduais de Saúde da Mulher é divulgado - Fenafar

Calendário das Conferência Estaduais de Saúde da Mulher é divulgado

Fenafar e Sindicato em ação
Tipo de Grafia

A mobilização da sociedade para discutir a saúde da mulher está linda. Já aconteceram dezenas de debates em todo o país, e conferências livres e municipais preparatórias para as estapas estaduais estão ocorrem ao longo do mês de maio.

A segunda edição da conferência acontece mais de trinta anos depois da primeira, em 1986. Nas fases municipais ou regionais são apresentadas as propostas de conselheiras/os, gestoras/es, usuárias/os e profissionais de saúde para o aprimoramento do SUS no que diz respeito a atenção à saúde das mulheres. Também é nesta fase que são eleitas e eleitos delegadas e delegados para as etapas estadual e nacional.

Soraya Amorim, diretora de mulheres da Federação Nacional dos Farmacêtuicos e integrante da Comissão Organizadora da Conferência destaca a importância da sociedade se envolver nesse debate. “A discussão sobre políticas públicas de saúde para a mulher tem um impacto fundamental tanto para garantir qualidade de vida para a mulher, mas também para impulsionar iniciativas do Estado em vários campos como investimentos em equipamentos de saúde para a atenção e o cuidado da mulher, políticas de medicamentos e assistência farmacêutica. No momento em que se retiram direitos dos trabalhadores, em que se propõem uma Reforma da Previdência que penaliza a mulher de maneira mais pesada, acabando com a aposentadoria diferenciada, condenado as mulheres – que já sofrem com a dupla, tripla jornada de trabalho – a trabalharem mais 10, 15 anos para poderem ter o direito à aposentadoria, num momento em que se propõe uma reforma trabalhista que afronta a Constituição, colocando em risco direitos como a licença maternidade, férias e inclusive flexibilizando a jornada mínima de trabalho, o debate da saúde da mulher ganha ainda mais relevância. A retirada de direitos atinge a mulher, que vai ter mais problemas de saúde e isso tem reflexo na vida familiar e no trabalho. Esse debate é estratégico hoje”, avalia Soraya.

A diretora da mulher da Fenafar reforça, ainda, que a Federação Nacional dos Farmacêuticos apresentou ao debate da Conferência um documento, contribuindo com o debate da saúde em todos os eixos de debate propostos. Acesse aqui o documento da Fenafar. 

Veja abaixo o Calendário completo das etapas estaduais. Para ter informações sobre os locais entre em contato com o Conselho de Saúde do seu Estado.

Da redação
Publicado em 10/05/2017

Artigos

UA-480112034-1