; CE publica Nota de Repúdio contra recusa da prefeitura em conceder reajuste - Fenafar

Sidebar

1

CE publica Nota de Repúdio contra recusa da prefeitura em conceder reajuste

Fenafar e Sindicato em ação

A crise política e financeira que se instalou no Brasil tem sido usada por inúmeros gestores municipais e estaduais como justificativa para o descaso com a administração pública e com a prestação dos serviços essenciais à população. Em Fortaleza, não é diferente: o prefeito Roberto Cláudio negou, na última semana, reajuste aos servidores do município. Em um ano de inflação desenfreada e instabilidade econômica, os agentes públicos municipais da capital cearense terão que amargar perda salarial.

O prefeito, do alto de sua ingerência, afirma ser impossível garantir aumento à classe, mas não abre mão de suas obras faraônicas. Saúde, educação, transporte e segurança são serviços básicos, que devem ser priorizados pelos gestores públicos - o que não tem acontecido em Fortaleza. Além das grandes filas nos hospitais, da espera incansável por cirurgias e da falta de remédios, os profissionais da saúde ficarão na demanda de reconhecimento e respeito por parte da Prefeitura.

O Sindicatos dos Farmacêutico do Estado do Ceará repudia, portanto, a postura do prefeito Roberto Cláudio por reconhecer que reajuste não é uma regalia, mas sim um direito da classe trabalhadora. Nesse sentido, seguimos na luta pela garantia de uma remuneração justa e equivalente à responsabilidade de ser um servidor público.

Estamos juntos e solidários a todos os sindicatos das categorias municipais. Contem conosco. O momento é de união!

Fonte: Sinfarce
Publicado em 19/06/2017

UA-480112034-1