; Sinfar/SP realiza curso de formação sindical em parceria com a Fenafar - Fenafar

Sidebar

1

Sinfar/SP realiza curso de formação sindical em parceria com a Fenafar

Fenafar e Sindicato em ação

Nos dias 15 e 16 de julho o Sindicato dos Farmacêuticos de São Paulo, em parceria com a Federação Nacional dos Farmacêuticos e com o Centro de Estudos Sindicais (CES) realizou o curso básico de formação sindical para diretores do sindicato e lideranças da categoria no Estado.

Para a representante do sindicato junto à Fenafar, Renata Tereza Gonçalves Pereira, a concretização desta parceria entre a Federação, o CES e o Sindicato de São Paulo foi muito importante. Na sua avaliação o fato de o curso ter acontecido logo após a aprovação da reforma Trabalhista foi “muito propício, porque é natural que a gente fique um pouco desanimado, mas é num momento destes que a gente busca forças”, e para ela o curso contribui para dar essa injeção de ânimo. “Esse resgate da história que a gente fazemos no curso, o contato com pessoas que fazem parte do sindicalismo há muito tempo e, ao mesmo tempo, ver novas pessoas na luta, nos leva a refletir e ver que temos forças para resistir a estes golpes”.

Outro aspecto fundamental do curso é o “resgate de discussões que no dia a dia não conseguimos fazer”. Ela destaque que é uma oportunidade para a gente formar a categoria e mostrar que é preciso ajudar a fortalecer o sindicato. Somos tão criminalizados pela mídia, que cria essa visão deturparda do sindicato, do sindicalismo e do sindicalista e são nestes momentos que nós conseguimos discutir e desconstruir essa visão. Foi muito rico de informações”, avalia Renata.

O presidente do Sinfar-SP, Glicério Maia, também considera que “o curso foi de muita importância neste momento em que estamos vivendo, para tentar conscientizar os trabalhadores de todo esse retrocesso que está vindo com as reformas. E, também, para eles entenderem como funcionam as políticas de negociação salarial, o papel dos meios de comunicação. Então nosso papel é fomentar a comunicação e superar os paradigmas de como a mídia golpista coloca o debate sobre o movimento sindical”.

A diretora de formação sindical do Sinfar-SP e diretora de relações internacionais da Fenafar, Gilda Almeida, considera que os debates do curso de formação básica que abordou a história do movimento sindical, as concepções sindicais, a negociação coletiva, a questão da comunicação foi excelente. “Ele suscitou uma discussão a respeito do que estamos vivendo hoje, inclusive com a questão da Reforma Trabalhista. Então a comunicação e a formação são dois elementos fundamentais no processo de enfrentamento que a gente tem que fazer e dos desafios que temos pela frente”.

O sucesso do curso também pode ser medido pelo seu desdobramento: “Já estamos pensando em fazer um projeto para realizarmos cursos de dois e dois meses. Foi um acerto a Fenafar aprovar no planejamento a prioridade de realizar nos estados os cursos de formação sindical”, concluiu Gilda.

A diretora de Organização Sindical da Fenafar, Débora Melecchi, participou do curso e ressaltou como “foi importante o sindicato de São Paulo ter aderido a esta ação estratégica da Fenafar, de desenvolver os cursos de formação sindical em parceria com o CES. É importante para buscar a valorização do trabalho farmacêutico e também como contraponto aos retrocessos que estamos vivendo no país. Essa parceria é fundamental para que os sindicatos possam estar mais preparados para enfrentar o seus dia a dia e contribuírem para cumprir seu papel na defesa da categoria e dos direitos dos trabalhadores”, disse.

Da redação
Publicado em 18/07/2017

UA-480112034-1