; Sinfarpi realiza campanha de sindicalização e debate sobre AF - Fenafar

Sidebar

1

Sinfarpi realiza campanha de sindicalização e debate sobre AF

Fenafar e Sindicato em ação

O Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do Piauí, com apoio da Fenafar e da Escola Nacional dos Farmacêuticos, realizará ações junto aos farmacêuticos para fortalecer o sindicato. No dia 19 de setembro, acontecerão visitas às farmácias e outros estabelecimentos de saúde que tenham profissionais atuando. Além da presença de diretores do sindicato, as visitas contarão com a presença da Diretora de Organização Sindical da Fenafar, Débora Melecchi.

"Essas visitas à categoria no seu local de trabalho são fundamentais. Elas têm o objetivo de dialogar com os farmacêuticos e farmacêuticas e mostrar que sem o sindicato teremos ainda mais dificuldade em defender nossos atuais direitos e conseguir ampliar cláusulas protetivas e de valorização profissional nas futuras negociações com o setor patronal. O Brasil vive um momento de ataque aos direitos trabalhistas, já sofremos prejuízos com a aprovação da Reforma Trabalhista, que precariza o trabalho, abre possibilidades para terceirização da atividade fim, instituiu o trabalho intermitente e outros pontos que fragilizaram ainda mais o nosso trabalho. Ainda temos tempo de impedir derrotas maiores. Temos que lutar para reduzir os danos que a atual reforma da Previdência vai trazer para os trabalhadores e também outras medidas. Sem sindicato forte para defender a categoria ficamos expostos”, disse a diretora da Fenafar, Débora Melecchi.

Acesse aqui a cartilha da campanha de sindicalização.

Após as visitas para a campanha de sindicalização do Sindicato dos Farmacêuticos do Piauí, acontecerá no dia 20 de setembro a palestra: Impacto da Ciência, Tecnologia e Assistência Farmacêutica sobre os desdobramentos da 16ª Conferência Nacional de Saúde e valorização do trabalho farmacêutico.

A presidente do Sinfarpi, Dra. Socorro Cordeiro, chama a atenção para a importância de aprofundar o debate sobre a Assistência Farmacêutica junto à categoria e à sociedade. “O acesso ao medicamento e ao seu uso racional, visando a resolutividade das ações de saúde, com a presença de farmacêuticos nas equipes multiprofissionais de saúde é um direito do povo brasileiro. É neste contexto que se insere a discussão da Assistência Farmacêutica. Ressaltar isso num momento em que as políticas de saúde e o SUS passam por um desmonte, em função de uma visão privatista e mercantilista que orienta o atual governo, é essencial. O sindicato também tem papel decisivo nesta discussão. Chamar os colegas para este debate faz parte das iniciativas de valorização da categoria e de fortalecimento do sindicato”, disse. 

Além dessas duas atividades, outras ações presenciais e uma intensa mobilização nos canais de comunicação do sindicato terão como objetivo divulgar a campanha de sindicalização para fortalecer a categoria no Piauí.

Da redação
Publicado em 17/09/2019

UA-480112034-1