; Saúde - Fenafar

Proprietário de um dos maiores laboratórios do país e eleito suplente ao Senado, Ogari Pacheco afirma que terá atuação ativa em defesa dos interesses do setor. Reportagem de Diego Jungueira e Reinaldo Chaves para a Repórter Brasil mostra a força do lobby da indústria farmacêutica sobre o Congresso Nacional e sobre o poder Executivo para favorecer o setor de medicamentos.

Demonstração didática de um crime: para manter o pagamento de juros ao baronato financeiro, Estado corta gastos sociais estratégicos. Do que resta, parte crescente é desviada para reforçar bases políticas dos parlamentares

Após 20 anos da Lei dos Genéricos, Brasil é o país mais avançado da América Latina nesse aspecto. Mas acesso a medicamentos ainda é um problema. A lei foi promulgada em 10/02/1999. Ao lado da Política Nacional de Medicamentos, ela tem sido importantíssima para aumentar a oferta e diminuir os custos – não só para quem chega no balcão da farmácia mas também para o Estado, que economiza na compra para distribuição e ainda atua como produtor.

Mais Artigos...

Artigos

UA-480112034-1