; RS: Saiba como está a negociação com Sindicato dos Hospitais Filantrópicos - Fenafar

Sidebar

17
Dom, Nov
20 Novos artigos

RS: Saiba como está a negociação com Sindicato dos Hospitais Filantrópicos

Fenafar e Sindicato em ação
Tipo de Grafia
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Dando continuidade ao processo de mediação, pelo Tribunal Regional do Trabalho, entre o sindicato patronal Sindiberf - Sindicato dos Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Rio Grande do Sul e os sindicatos dos trabalhadores da saúde, ocorreu na última terça feira, dia 27, mais uma rodada de negociação.

Na reunião anterior havia ficado como proposta apenas a reposição de 5% referente ao ano de 2016 com pagamento em novembro daquele ano e para o ano de 2017 apenas o INPC pago em duas vezes (na data base de cada categoria e 60 dias depois). O patronal voltou com uma proposta mais rebaixada com pagamento da segunda parcela em 90 dias.

Abrindo os trabalhos da reunião o mediador fez um apelo ao patronal no sentido de que se não fosse possível melhorar a proposta do ano de 2016 que fosse avaliada a possibilidade de haver o pagamento do resíduo daquele ano ainda em 2017 mesmo que só apenas no segundo semestre.

Os sindicatos presentes representando as categorias profissionais da saúde se manifestaram. O Sindifars chamou atenção no sentido da necessidade de valorização dos trabalhadores para que os hospitais possam prestar um atendimento adequado à população. Outras entidades lembraram a importância de se ter uma convenção coletiva assinada para referendar inclusive o regime 12x36.

Após todas as manifestações, o mediador com o aceite da patronal formulou uma proposta que mantem a situação de 2016, com 5% pago em novembro, mas avança em relação a 2017, pagando integralmente o INPC na data base de cada categoria e o compromisso de avaliar como pode ser pago o resíduo de 2016 ainda em 2017 até o final do ano.

Ainda ficou acertado que serão mantidas as cláusulas sociais específicas de cada categoria e garantido o mesmo índice de reajuste para todas as clausulas com repercussão econômica.

O Sindicato patronal comprometeu-se em no máximo 15 dias apresentar esta proposta após submetê-la em assembleia aos associados.

Nova audiência ficou marcada para dia 10 de julho às 14h.

Fonte: Sindifars
Publicado em 04/07/2017

UA-480112034-1